web space | website hosting | Business Web Hosting | Free Website Submission | shopping cart | php hosting

Richard Ira "Dick" Bong
United States Army Air Corps

Nasceu no dia 24 de setembro de 1920, filho de imigrantes suecos. Cresceu numa fazenda próximo a pequena cidade de Poplar, Wisconsin

Bom estudante, ajudava na fazenda e possuía muitos interesses quando adolescente. Jogou baseball, basquete e hockey; tocava clarinete na banda da escola; cantava no coral da igreja e gostava de caçar e de pescar. Tornou-se um exímio atirador com rifle de caça. Como muitos rapazes de sua época, torno-se interessado em aviação e foi um ávido construtor de

Realizou seus estudos na Superior State Teachers College, iniciados em 1938, onde também ingressou no Programa de Treinamento Civil de Pilotagem. Em 1941 alistou-se no Army Air Corps Aviation Cadet Program.

Realizou seu treinamento de vôo primário na Rankin Aeronautical Academy / Califórnia e o completou o básico em Gardner Field, também na Califórnia. Foi para Luke Field perto de Phoenix no Arizona para o treinamento avançado de monomotores, onde voou o North American T6. Em janeiro de 1942, logo após o ataque a Pearl Harbor, Bong tornou-se oficial comissionado e recebeu suas asas de piloto. Por ser um bom piloto, e especialmente um excelente atirador, permaneceu em Luke, treinando outros aviadores. Após alguns meses teve a oportunidade de treinar no novo caça da Lockheed, o Lighting P-38. Enquanto permaneceu em Hamilton Field, atraiu a atenção do General  George Kenney, seu futuro mentor e comandante da 5ª Força Aérea.

Quando o general foi para o Pacífico, em setembro de 1942, Bong era um dos pilotos que ele levou para se juntarem ao 49º Grupo de Caça. O então 2º Tenente Bong, foi designado para o 9º Esquadrão de Caça, os Flying Knights e enviado para a Austrália. Enquanto aguardava a chegada dos P-38, Bong voou no 39º Esquadrçao do 35º Grupo de Caça, operando a partir de Port Moresby. No dia 27 de dezembro de 1942, obteve suas primeiras vitórias aéreas, ao abater um Zero e um Oscar. Por essas vitórias recebeu a medalha Siver Star.

As vitórias de Bong aconteceram ao longo de seu tour de guerra, embora a maioria tenha acontecido no início da guerra, quando os pilotos japoneses eram ainda mais treinados e melhores. Bong era considerado também muito sortudo, por encontrar em quase todas suas missões com aviões inimigos. Muitos pilotos voaram a guerra toda e raramente se encontraram com aeronaves inimigas. O General Kenney, tão logo Bong teve seu score aumentado, o retirou de combate e o promoveu a major.

Bong, retornou ao Sudoeste do Pacífico no dia 10 de setembro de 1943, mas com ordens de permanecer como instrutor de tiro aéreo e quando participasse de algum combate, apenas se defendesse. Finalmente foi proibido de voar e enviado para casa, por ordens do General Kenney. Ele foi o piloto norte-americano mais vitorioso da 2ª Guerra Mundia, com 40 aeronaves inimigas abatidasl e recebeu as seguintes condecorações:  Medal of Honor, Distinguished Service Cross, Silver Star com 1 OLC, Distinguished Flying Cross com 6 OLC, Air Medal com 14 OLC, American Campaign Medal, American Defense Service Medal, Distinguished Unit Citation com 1 OLC (49th Grupo de Caça), Asiatic-Pacific Campaign Medal com uma Silver Service Star, Philippine Liberation Medal, World War II Victory Medal e Australian Distinguished Flying Cross.

No dia 6 de agosto de 1945, enquanto o Enola Gay lançava a Bomba Atômica em Hiroshima, Bong embarcava num avião pela última vez. O motor de seu caça F-80 falhou na decolagem, e mesmo tendo se ejetado, veio a falecer, pois estava muito próximo ao solo. O destino quis que após dois anos de combate, Bong viesse a falecer quando testava um novo avião.

 

Uma réplica do avião de Bong