web space | free hosting | Web Hosting | Free Website Submission | shopping cart | php hosting

Frank Neubert e a primeira vitória aérea na 2ª Guerra Mundial

 

 

Frank Neubert não é um típico ás, visto que ele era piloto de Stuka, mas como foi aquele que obteve a primeira vitória aérea da 2ª Guerra, merece estar nessas páginas. 

 



Nasceu no dia 28 de setembro de 1915 em Herrenalb / Schwarzwald. Foi piloto da "Geschwader-Immelmann" desde 1936. Participando da invasão da Polônia (Operação Fall Weiss"), na manhã do dia 1º de setembro de 1939, sua unidade de bombardeio atacou a base aérea polonesa de Cracóvia, mas esta estava sem aviões, visto que no dia anterior as forças aéreas polonesas haviam deslocado suas aeronaves para aeródromos secundários.

Como o tempo não estava bom, Neubert e seu artilheiro Franz Klinger se perderam dos demais aviões. Alguns minutos depois, na tentativa de encontrarem o objetivo, eles encontraram outro Stuka, também perdido, e juntos finalmente chegaram ao aeródromo de Cracóvia, onde lançaram suas bombas.

Os bombardeios estavam retornando à sua base, quando Neubert localizou, o que ele pensava ser, um par de P-24 (na realidade eram PZL P-11C). Os caças poloneses também os viu, e atacaram inicialmente o outro Stuka, pilotado pelo Ten. Branderburg. Neubert imediatamente reagiu ao ataque e consegui colocar duas boas rajadas no avião do Capt. Medwecki (comandante do esquadrão polonês). O PZL imediatamente pegou fogo e caiu. O segundo caça polonês, pilotado de 2º Ten. Wladyslaw Gnys, conseguiu colocar-se atrás do Stuka de Brandeburg e abriu fogo. Felizmente as nuvens salvaram o piloto alemão, e ambas as aeronaves retornaram ao aeródromo de Nieder-Ellguth.

Nesse combate acontecido às 5:30 hs, Frank Neubert abateu, o que tudo indica, a primeira aeronave na 2ª Guerra Mundial. Outras fontes indicam que a primeira aeronave abatida na tenha sido um Hs 126 de reconhecimento, pelo Ten. Stanislaw Skalski, às 5: 23 hs !!!


Uma formação de Ju-87B da I./StG2 "Immelmann" Geschwader.

De 10 de maio de 1940 a julho do mesmo ano, Neubert foi Staffelführer da 1./St.G. 2, de julho a setembro Staffelkapitän da 2./St.G.2. Em seguida foi Gruppenkommandeur 1./St.G.2 entre setembro de 1941 e janeiro de 1942. Durante a Campanha dos Balcãs, na primavera de 1941, Neubert teve atuação destacada nos combates do Passo de Rupel (Iugoslávia). Nos ataques contra os navios ingleses no Golfo de Corintio, na área dos Pirineus e na Baia Suda, o Oberleutnant Neubert afundou um navio tanque de 4 000 toneladas e um destroier, bem como danificou outros navios. No dia 24 de junho de 1941, o Oberleutnant Neubert (já então um experiente piloto com mais de 150 missões de guerra) foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro.

De 18 de março de 1942 a 14 de outubro do mesmo ano, ele foi Kommandeur da I./Sturzkampffliegerschule 1 em Wertheim. Entre 15 de outubro de 1942 e 10 de outubro de 1943, ele foi o Gruppenkommandeur do II./Sch.G.1 no fronte leste.

Em 30 de janeiro de 1943, o então Hauptmann Neubert foi ferido quando seu Hs 129 B-2 foi abatido pela anti-aérea russa perto de Skurbiy. Entre 11 de outubro de 1943 e 22 de fevereiro de 1944 foi o Gruppenkommandeur do II./SG 101. A partir de 26 de fevereiro de 1945 ele serviu no Estado-Maior do General der Schlachtflieger. Frank Neubert voou um total de 350 missões de guerra, sendo que 230 o foram em Stuka.


 


Desenho do PZL-11C de Medwecki abatido no dia 1º de setembro de 1939, por Frank Neubert. O Cpt. Mieczyslaw Medwecki era o comandante do III/2 Fighter Regiment (Esquadrões 121 e 122).