web space | free website | Business Hosting Services | Free Website Submission | shopping cart | php hosting

Ataque ao Quartel General da Gestapo, Copenhagen, 21 de Março de 1945

Four Mosquito FB Mk.VIs of 487 Squadron from 140 WingNa manhã do dia 21 de março de 1945, uma esquadrilha especial de Mosquitos do Grupo Nº 401 decolou de uma base da Inglaterra para atacar o Quartel general da Gestapo em  Copenhagen.

Antes do ataque ser realizado, várias semanas foram gastas no planejamento cuidadoso da missão. Dois modelos em escala, um representando a cidade e outro, mais detalhado, representado o prédio da Gestapo, foram construídos, e utilizados pelos pilotos no treinamento da operação. O modelo gastou 340 homens-hora para ser construído.

O alvo, era um grande prédio, em forma de U, com seis andares de altura. Pelas informações recebidas, todo o comando da Gestapo na Dinamarca, trabalhava no prédio, que também era utilizado como prisão política.

Os Mosquitos decolaram em três levas de seis aeronaves cada, juntamente com dois outros da RAF Film Unit, exatamente às 09:00 horas da manhã, hora em que os trabalhadores da Gestapo estariam chegando ao Quartel General. Após cruzarem o Atlântico Norte em duas horas de vôo, as aeronaves cruzaram a costa da Jutlândia como planejado e logo a cidade de Copenhagen estava à vista.

Fora uma jornada tranqüila. A primeira leva atacou o Quartel-General, voando ao nível dos telhados, tão baixo que a aeronave pilotada pelo Wing Commander Klebo bateu num dos prédios, e embora tivesse realizado todos os esforços possíveis para continuar voando com a asa danificada, acabou caindo numa das avenidas da cidade.

Este foi o incidente mais desafortunado do ataque, pois as demais aeronaves daquela leva, vendo o fogo causado pela aeronave, atacaram aquele ponto, pensando que era o Quartel-General.

Uma aeronave de reconhecimento do Grupo Nº 34, realizou uma missão no dia seguinte e fotografou a área. A interpretação das fotos mostrou que o alvo recebeu pesados danos. O prédio mais elevado e o teto sul do prédio frontal foram destruídos, e os demais permaneceram de pé mas bastante danificados. A ala oeste foi destruída até quase o solo. A ala leste teve o prédio mais alto e o telhado destruídos e o andar térreo danificado.

Trabalho de resgate estava em andamento quando a fotografia foi tirada. Fotos recebidas através da resistência dinamarquesa, mostraram o prédio quase que totalmente destruído, evidenciando o grande sucesso da missão.

Mustangs do Comando de caça escoltaram os Mosquitos tanto na ida como na volta, e aproveitaram o ataque para silenciar posições da flak nas proximidades. Mas o ataque pegou os alemães tão surpresos que a flak só entrou em ação após a retirada dos Mosquitos. O único fogo anti-aéreo encontrado foi o proveniente dos navios que estavam ancorados no porto.

O navegador da aeronave líder fez um trabalho fantástico, tanto é que as aeronaves retornaram a base com um atraso de apenas dois minutos em relação a programação original.

Os alemães lançaram boatos de que seus oficiais estavam for a do prédio, participando de um funeral, mas informações provenientes da Dinamarca informavam que 151 homens da Gestapo foram mortos e 30 presos políticos conseguiram fugir, no meio da confusão.

O cruzador Leipzig, que estava no porto durante o ataque, zarpou em seguida, pois os alemães interpretaram o ataque como uma busca pelos últimos remanescentes de sua marinha.

 

 

Aeronaves envolvidas no ataque

(todas eram  Mosquito Mk.VI)

Esquadrão Nº 487

RS570 'X'

Gp Capt R N Bateson / Sqn Ldr E B Sismore (Líder do Ataque)

PZ402 'A'

Wg Cdr F M Denton / Fg Off A J Coe (Danificado, Pouso de barriga na base)

PZ462 'J'

Flt Lt R J Dempsey / Flt Sgt E J Paige (atingido pela flak, 1 motor parado, retornou salvo)

PZ339 'T'

Sqn Ldr W P Kemp / Flt Lt R Peel

SZ985 'M'

Fg Off G L Peet / Fg Off L A Graham

NT123 'Z'

Flt Lt D V Pattison / Flt Sgt F Pygram (desaparecido)


 

Esquadrão Nº 464

PZ353

Flt Lt W K Shrimpton RAAF / Fg Off P R Lake RAAF

PZ463

Flt Lt C B Thompson / Sgt H D Carter

PZ309

Flt Lt A J Smith RAAF / Flt Sgt H L Green RAAF

SZ999

Fg Off H G Dawson RAAF / Fg Off P T Murray (desaparecido)

RS609

Fg Off J H Palmer RAAF / 2nd Lt H H Becker RNorAF (desaparecido)

SZ968

Wg Cdr Iredale RAAF / Fg Off Johnson

Todas as aeronaves decolaram às 0840; última aeronave a chegou às 14:05.

Esquadrão Nº 21

SZ977

Wg Cdr P A Kleboe / Fg Off K Hall (desaparecido)

PZ306

Sqn Ldr A F Carlisle / Flt Lt N J Ingram

LR388

Sqn Ldr A C Henderson / Flt Lt W A Moore

HR162

Flt Lt M Hetherington / Fg Off J K Bell

Não conseguimos encontrar o registro das outras duas aeronaves

Todas as aeronaves decolaram ás 0835; as três que retornaram pousaram às 13:55.